Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nós e o Rio

Nós e o Rio

Somos águas derramadas
Em gotas quase num fio
Na sina já pré traçada
De nos transformar em rio

Seremos regatos ou rios
Tímidos córregos ou riachos
Cumprindo ou não desafios
No duro leito dos embaraços

Ao cair na terra, do Espaço
Sulcando o chão prá correr
Fazemos na vida o traço
Torto ou reto de viver

Ser cachoeira ou riacho
Depende de se querer
De como deixar o rastro
Na forma que quiser ter

Na estória de cada rio
Tem a hora d’água corrente
Ser barulho de cachoeira
Quando vira adolescente

Bem confusa se contorce
Em labirinto esquisito
Procura na terra a sorte
De um céu de luz infinito!

No curso vai  aprendendo
Na solidão  que ameaça
Quando outra água correndo
Vem ao encontro e o abraça

E eis que juntas as águas
No leito do  mesmo rio
Fazem tanta algazarra
Por dias e noites a fio

Brilhante volume cresce
De águas rolando em cânticos
Até a lua esmaece
Com tal idílio romântico

Surgem flores ás suas margens
Pássaros em cânticos mil
Sorri toda paisagem
No manso embalo do rio...

Desde o encontro das águas
Muitos dias correram
De tanta felicidade
Outros afluentes nasceram

Juntos tiveram tempo
P’rá lição que aprendiam
Murmúrio  e pressentimento
Do lugar p’rá aonde iam

Pois como o rio corre o tempo
Diz o vento a cochichar
Na comparação e exemplo
Que o rio sempre  dá

Que o homem é rio menino
Em eterno caminhar
Sempre cresce, e seu  destino
É sempre correr pro Mar!



Marilú,  l3 agosto l999.
Marilu Santana
Enviado por Marilu Santana em 07/06/2005
Reeditado em 07/06/2005
Código do texto: T22737
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marilu Santana
Paulista - Pernambuco - Brasil
204 textos (37058 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:03)
Marilu Santana