Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sorrisos presos

Só por ti escrevo hoje...

Pela tristeza que me fazes sentir
ao saber que não consegues sorrir
levando meu soriso para longe...

Não sei mais o que fazer
para que te consiga devolver
aquela luz que perdeste!

Aquele brilho esquecido,
em recordações minhas perdido
que do teu rosto foge...

Luz que nos meus sonhos aparece
e com esse teu brilho me aquece
numa felicidade que esqueceste!

Junto do teu sorriso habita o meu;
ambos distantes dos nossos rostos,
tristemente ofuscados por um véu...

Porque a esperança,
essa dificilmente se alcança
quando se está a sofrer..

Fácil sei que não é!
Mas não te vou deixar afogar
na forte corrente da maré!

Nem que por ti tenha que remar,
ganhar forças, obrigar-te a lutar...
Devolver-te o que perdeste, tua fé!

E sinto-me triste tambem...

Em ti revivo o que esqueci
momentos dificeis, dolorosos
repletos de lágrimas, penosos...

Enfim, momentos passados...
Episodios tristemente recordados,
Mas victoriosamente ultrapasados!

Sonho agora que rapidamente
teu presente triste se transforme
num passado esquecido e disforme...

Que, inundada pelo teu brilho, rapidamente
toda a tua tristeza se desvaneça
e num dia proximo tudo desapareça!

Porque a vida não passa dum sonho
que não gerimos com a imaginaçao,
onde ganhamos asas e voamos
para onde nos guiar o coração...

Por isso liberta a felicidade
que prendes dentro de ti...
Oprime essa infelicidade,
e sorri!!
Sónia Granja
Enviado por Sónia Granja em 28/08/2006
Código do texto: T227452
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sónia Granja
Portugal
42 textos (2021 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:38)
Sónia Granja