Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Urbanidade

Fumo um cigarro
A fumaça baila à minha frente enquanto escuto os carros na avenida
O mundo é o impacto de todas as coisas juntas, unidas nas distâncias infinitas que se entrecruzam sem saber

Fumo um cigarro e os carros continuam passando pela avenida
Pela avenida da minha vida com seus cruzamentos e semáforos
Com seus encontros e desencontros, seus acidentes, seus desfiles e comícios, com seus carnavais, suas putas e marginais
Com todos os que passam pela avenida, os que ficam e os que vão
Pela vã avenida de minha visão
Míope pela fumaça do cigarro, surda pelo barulho dos carros

Meu coração pulsa, acelera e buzina para outros amores, segue adiante sem olhar para traz, cruza a avenida, vem e vai enquanto a avenida fuma um cigarro e os carros escutam meus pensamentos
Márcio Barreto
Enviado por Márcio Barreto em 28/08/2006
Código do texto: T227500
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Márcio Barreto
São Vicente - São Paulo - Brasil, 46 anos
40 textos (1956 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:35)
Márcio Barreto