Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AQUELE AMIGO

AQUELE AMIGO
Victor Jerónimo

Valha-nos a Santissima Trindade
que os nós tens bem destraçados.
A lingua não se prende na volúpia
nem tem o fel dos mal amados.

Na hora que mais esmoece
vão-se da desgraça os ventos,
Depois vem a aurora que aquece
plena de promessas e recados.

Se a falsidade se enjeita em perdição
perdidos estão os desafortunados.
Pensam ter o dom da vida sem razão
e terminam em pecados malvados.

E os vis e mentirosos que se danem...
Que a prenda nos seus pares da maldade
seja o seu inferno se vidas lhes restarem.

E nós que tocamos o mesmo barco
saberemos com a verdade triunfar
e dar com humildade aquele abraço.

21.jul.2006
Victor Jerónimo
Enviado por Victor Jerónimo em 29/08/2006
Código do texto: T227739
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Victor Jerónimo
Recife - Pernambuco - Brasil, 67 anos
82 textos (5698 leituras)
4 e-livros (176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:44)
Victor Jerónimo