Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

arvore morta

Restam apenas vestígios
Do que um dia fui
Sobrou somente a raiz
Da planta mal formada

Foram tantas tempestades
Tantos sóis causticantes
Tantos ventos e vendavais
Vermes e animais

O excesso de adubo
O ar redundante
A abundancia da água
A obstinada lei do crescer

Poderia ser o lenhador
Poderia ser o vento
Ou a terra fraca
Ou mesmo a praga

Mas foi a pura ânsia
De atingir e ostentar
E negligenciar
A raiz a perecer
Fabio Damico
Enviado por Fabio Damico em 29/08/2006
Código do texto: T227917
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Damico
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 55 anos
120 textos (1502 leituras)
2 e-livros (59 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:45)
Fabio Damico