Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ladra da noite

Você eu sei
não é de roubar
nunca a vi roubar
você eu sei
agora sei que sim
e o meu coração
você levou
junto a ele
também a noite,
a lua e as estrelas.
Estou aqui ansioso
para que amanheça
para que me devolva
o que é meu...
meu coração
pois sem ele
não pode haver vida
sem você eu sei que sim
haver o vazio suficiente
para não haver
nada...nada me ofende,
sou atento!
Espero por qualquer sinal
espero pelo passado
sem saber que o passado não há,
que nada existe!
Damaso
Enviado por Damaso em 30/08/2006
Reeditado em 30/08/2006
Código do texto: T228534
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Damaso
Rio Manso - Minas Gerais - Brasil, 34 anos
326 textos (17038 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 03:59)
Damaso