Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As vezes choro

As vezes choro
E nem sei por que
Sei que sinto as lagrimas
E nem sei por que
Sei que choro
Sinto algo
E nem sei o que é
Sei que sinto
Não é dor nem alegria
É algo que não existe
Mas insiste
E me invade até a alma
E sinto a calma
A calma da alma vaga
Da alma triste
Sem rumo
Sem destino
As vezes choro
Por não ter
Por não saber
Choro de dor
De sentir o vazio
O frio
A congelar a alma vaga
Fabio Damico
Enviado por Fabio Damico em 30/08/2006
Código do texto: T228647
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Damico
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 55 anos
120 textos (1502 leituras)
2 e-livros (59 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:10)
Fabio Damico