Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nesse vagar sintético...

Nesse vagar sintético
Entre um e outro byte
Coloquei esta nau escura
E com poucos megas de suporte
Conquistei uma nova Ilha
Lá, entre o mar sereno
E a terra verdejante
Montei um Jardim fantástico
Donde colho belas flores
De ornada estrutura sílica
Com um alto teto fiz uma morada
Os requintes que preciso
Para sorver tantos amores
Coletor de palavras e textos
Imagens alternadas & sonhos
Da nau escura que vagueia rápida
Aporto em todas as Ilhas
De visita ou bucaneiro ávido
Roubando beijos doces e faceiros
Passageiro elétrico, voraz e virtual
E quando bate a saudade
Pego minha solidão companheira
Talhando a tinta em parcos papéis

Na tela mais um espaço que se preenche com minhas alegrias e dores! As dores esqueço. As alegrias guardo com saudade!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 08/06/2005
Código do texto: T22878
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120253 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:02)
Peixão