Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tinha Tudo Pra Dar Certo

Com sinceridade de
gente bem apessoada,
com sinceridade morna
de pessoa bem gabaritada,
olhos nos olhos
e só vejo vazio.

Pena, tinha tudo para
dar certo,
mas deu vazio !

Com toda minha sinceridade
e aprumo de idéias e
volúpias de sonhos,
penso no que seria se desse
certo: um sonho demais!

Mas não deu.
Cada um foi prá um lado
ela preferiu escaldar-se nas
montanhas
e eu fui calvagar
nas pradarias.
 
Duas coisas tão distantes
que dá medo só em
pensar que sinceridade
não é tudo na vida.
 
É verdade!

Se começou bem
acabou mal.

Tudo porque gostávamos
um do outro.
 
Coisa simples de resolver
como calvagar num belo potro.
Mas ela não quis assim,
quis fugir
prá bem longe ela foi,
prás montanhas da
vida, se arrumou.
 
E foi vender seu prazeres
nas largas avenidas
do Deus dará.

Lá onde onde os homens
compram e se vendem no
mercado das almas.
 
Foi tudo muito simples:
um dia ela parou de
amar
e eu fingi que parei de gostar.

Resolvemos emudecer.
Resolvemos nos tornar
meio humanos
meio atordoados.
 
Ela foi para um lado
e eu me pro outro.
A história é simples
Se eu não fosse gente
de gostar até o fim.
 
Foi minha estrepolia.

Comecei a sentir falta
dela
e ela
nenhuma falta de mim.

Fiqei sozinho, como
uma estrela perdida no espaço.

Com toda sinceridade,
nem ficou amizade!
Poderia ser diferente,
mas,inexplicável,não foi!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 31/08/2006
Código do texto: T229335
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26786 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:28)
José Kappel