Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor Sempre Volta

Amor querido está sempre
voltando,
mesmo que não tenha volta.
 
Mesmo que você se desfaça
ou ela desenlace,
amor querido
sempre bate às portas.

Se é mendigo,
ofereca pão,
mas se é o danado do amor,
você entrega, suplica
e pode virar até pó, pois
já sabe a canção de cor.
 
Amor querido
está sempre voltando
mesmo se nenhum dos dois
quiser.
 
Amor querido é igual
a uma flor a gente nunca esquece.
Gruda na pele da gente ele se
transpõe pro coração,
armadilhas que só ele tem
sempre à mão.

Amor querido é o nosso
de cada dia.

Um dia é você,
outro, ela.
 
Os dois juntos,
mesmo longe:
sempre voltam
igual a um monge
que vai ao citurno de sua
oração.

Fica tudo no coração!

Não adianta você fugir,
nem tentar
sair dessa.
 
Quem entra uma vez
- ora essa !
desta não sai nem à pé.

Amor é assim:
dá voltas e voltas,
se arredia, se mescla,
faz chorar, rir e embevece,
mas sempre está de volta.
 
E você não esquece!
Amor querido sempre volta.

Está presente toda hora
de sua vida.

Mesmo ao tentar não
morrer - quando lá chega sua hora -
você pensa nela
ela pensa em você.
 
Explicação não há.

São coisas da vida
que todo mundo tem.

E acho mais mais ainda:
nesta história tem coisas do além!

José Kappel
Enviado por José Kappel em 31/08/2006
Código do texto: T229363
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26789 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:21)
José Kappel