Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIVINAMENTE HUMANO


Ser humano
Ser mais-que-perfeito
Em franca evolução.
Só trago metade da vida
Metade da visão
Metade dos dentes
Metade da audição
Metade da crença
Metade do tesão.

Mas nem tudo é desengano
Não sou metade
Fui concebido por inteiro
Sou verdadeiro
Feliz
Tenho paradeiro
Dos últimos sou o primeiro
Só não tenho dinheiro.

Vivo do que se vive
Continuo viver vegetante
Que não sabe se é infeliz
Deste viver sou aprendiz.
Tenho costas largas
Carrego minha cruz
Não meta dedo no meu nariz!
Um dia me faço Luz.
Gilio de Hollanda
Enviado por Gilio de Hollanda em 31/08/2006
Código do texto: T229381
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilio de Hollanda
Anápolis - Goiás - Brasil
57 textos (2481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:50)
Gilio de Hollanda