Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BRASIL DE ONTEM E HOJE

BRASIL DE ONTEM E HOJE

Mário Osny Rosa

Há setenta e seis anos atrás
Desse solo emanaram seus ais.
O grande brado de rebeldia
Quando do sul insurgia.

A grande cavalaria
Rumo a norte seguia.
Numa grande ousadia
Na luta pela democracia.

Depois de uma eleição
O que aquilo atingiria.
Dos pampas a reação
A revolução que agia.

Foi o início de uma era
De mudanças sociais.
De uma breve ditadura
De momentos emocionais.

Nem sempre de candura
Deu ao país certa estrutura.
Que hoje é desmantelada
De uma forma amargurada.

Do trabalho ao trabalhador
O povo começa a sentir dor.
Dos já direitos adquiridos
Que hoje foram perdidos.

De um gaúcho estancieiro
A um nordestino torneiro.
Um pensava no trabalho
Outro mesmo no dinheiro.


Sinto a dor no coração
Quando olho esse povo.
Dessa grande nação
Sendo alvo desse jogo.

De um jogo pernicioso
Que é mais enganoso.
Promete um grande gozo
Com trabalhador ocioso.

O povo sendo explorado
Pelos nobres deputados.
Deles pediram o voto
Hoje eles são malhados.

Onde está a saúde e educação
Para esses pobres coitados.
Ficam a espera um tempão
Nem atendidos, logo rejeitados.

São José/SC, 30 de agosto de 2.006.
morja@intergate.com.br
www.mario.poetasadvogados.com.br







Asor
Enviado por Asor em 31/08/2006
Código do texto: T229791
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Asor
São José - Santa Catarina - Brasil
1677 textos (36847 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:04)
Asor