Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cão vivo


Como se não fosse vivo
Como se não fosse ser
O que faço aqui
Preso a correntes
Sem poder me movimentar
Sem poder me expressar
Só peço tudo
Mas tudo que já era meu
Até você me ter
E de tudo que era meu me privar
Mas já se foi tanto tempo
Que se olhar para mim
Já me sinto melhor
Se me afagar
Vou a gloria
Você me tirou a liberdade
Mas se me der um segundo
Um segundo de seu precioso tempo
Me trará a vida novamente
Fabio Damico
Enviado por Fabio Damico em 02/09/2006
Código do texto: T230869
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Damico
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 55 anos
120 textos (1502 leituras)
2 e-livros (59 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:08)
Fabio Damico