Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Talento dos Omissos

Vale a pena ser
tentado
por todas coisas?
 
Ainda não sei.
 
Fui aprovado apenas
como sermão dos tolos
e,como todas, tem seu senão,
fico por quase todas.

Já fui tentando por espinhos
doces, na minha
infância, que me viam
sobranceiro como
um boneco vivo;
tocado e enviuvado!
já fui barganhado por
brinquedos e até hoje
sonho com eles,
mas em troca tinha
que desaparecer do que
era para ser o
que alguns queriam.

Faltava pão, dá-lhe o cão!
Fui tentado a vida toda
e, em todas cedi.

Não por querer, mas
numa certa hora de desmandos,
as coisas se confudem
num eco impertubável.
 
E cativa o cão!

Não que seja síndico
dos milagres, mas sempre
ansiava por um:
um que me fizesse dono demais
de mim e não
precisasse entrar na
fila que era fila sem fim!
 
Fila dos danados!
 
Que culpa tenho,
se os céus assim quiseram?

Cada um nasce predestinado.
A minha foi ser sem classe
e perder toda minha arte.

Hoje,já velho e dolorido,
pergunto prá mim mesmo.
 
Se não fosse eu, quem seria?
Na Terra, eles não escolhem
por bondade.
 
Fazem a opção por crueldade!
Fazem dos outros um kit de
devaneio para suas
abolições,
principalmente lá
na rua Camarindo,
onda morava e virei
sol para uns,
lua para outros,
mas sempre
carregando uma mensagem:
morre enquanto é tempo
senão o mundo não vai acabar,
num arranjo especial,
e tocando sempre a falsa do
desespero
prá você dançar!

Não sou dono do Pai,
senão pedia a Ele:
faz de mim uma
ilha passada,
um pão sem gosto,
e me leve prá sempre
prá terra ondem dorme
meu pai.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 03/09/2006
Código do texto: T231487
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26783 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:33)
José Kappel