Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem dera !




 
Quem dera   renovar a vida
Fechar o relicário da amargura
Esquecer fráguas e feridas
poder beijar a boca da ternura
 
 
Quem dera  poder ter nas mãos
o lindo pássaro da ilusão
que com seu mavioso canto
alegrasse este trôpego  coração
 
 
Que dera  jogar fora a  bagagem
que durante a  longa viagem
escondi  tantos sonhos fugazes
que não foram capazes de  sorrir
 
Quem dera  poder mudar
o mapa obtuso do destino
que  segue os caminhos sem tino
e ancora no paroxísmo da dor
 
 
Quem dera afogar a alma
no imenso oceano  da poesia
com versos bordados de magia
alforrizasse  a escrava vida !
 
Recife/2006


 
 
 

 
 

 
   
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
 
 

Zena Maciel
Enviado por Zena Maciel em 03/09/2006
Código do texto: T232007
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zena Maciel
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
239 textos (6626 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:04)
Zena Maciel