Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FALTA CHÃO


Euna Britto de Oliveira
www.euna.com.br



Lembrando a planície de Nazca,
Infinitas réguas traçam traços dúbios
Sobre o imenso chão
Que me foge
Aos pés...
Ao lado de mim,
A Lagoa da Pampulha e seus aguapés...
Forçosamente, passo a pão e água
E deságuo no oceano da Paz Primeira
Que todo mundo quer!...
Libélulas voam no escuro
E procuram a luz da minha lâmpada,
Incômodas.
Foge de mim o passo.
Regressão
Ventre de mãe
Leitinho morno no seio
De quem me gerou...
Anos depois,
As células desse mesmo seio iriam enlouquecer!...
Pesquisadores incansáveis procuram a cura
Para a loucura das células...

Gostarei de abrir o portão da garagem
Com controle remoto
Quando chegar o carro da minha filha.
Ela já foi assaltada
E quer segurança,
Não viver sobressaltada!...

Aterrissagem forçada.
Não sei voar,
Mas um dia aprenderei.
Ao final,
O vôo é inevitável.
Forçado!...
Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 04/09/2006
Código do texto: T232244
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (34673 leituras)
6 áudios (364 audições)
12 e-livros (692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:53)
Euna Britto de Oliveira