Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANSIEDADE



Tanto tempo o procurei
Que quase morri de cansaço
Escondido estava todo tempo
Nesse universo “tremendo” espaço.

Um facho de luz clareou o caminho
Que seguia sem fim.
O facho intenso dessa luz
Trouxe-lhe para mim.

É amigo...
É meigo e fiel.
É um anjo.
Que veio do céu.

Realmente desejo...
Desejo te conhecer.
Para tanto preciso.
É conquistar você.

Passa as horas e o dia.
O telefone mudo está.
Fico, porém, na esperança.
De um sinal VOCÊ me dar.

De repente o toque da campainha.
O telefone trim...trim...
O alô que ouço feliz.
É da sua voz, enfim.
Lenita
Enviado por Lenita em 04/09/2006
Reeditado em 05/10/2006
Código do texto: T232310
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lenita
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
152 textos (12876 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:44)
Lenita