Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ciúmes da lua

Ontem...
Eu procurei pela lua,
Nós tínhamos um encontro.
Só que ela não me avisou,
Que esta noite estaria usando
Um vestido negro, Por esta razão.
Eu não a encontrei
Fiquei sem a minha musa
Sem inspiração, voltei para casa.
Pois, me faltavam três coisas.
Alma, coração e vida.
Alma, para dar liberdade,
A minha poesia.
Coração, para falar,
Da essência do amor.
Vida, para viver esta poesia.
Que flui da alma do poeta
Que leva a magia e o encanto,
Aos corações enamorados
Esta noite, não fiz poesia.
Apenas escrevi estas palavras.
Ainda pensava na lua,
E onde ela estaria.
Será que arrumou outro, pensei.
E foi que percebi, que eu estava.
Com ciúmes da lua.


                            Volnei R.Braga
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 09/06/2005
Código do texto: T23246
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147468 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 15:55)
Volnei Rijo Braga