Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BALADA PARA UM HOMEM ATINGIDO (a bala, o homem, o sangue, a guerra)

A bala
dilacera o segundo – veloz
trespassa o mundo – cala
interrompe a vida – atroz

O homem
verga no espaço – tomba
o olhar e o passo – somem
a intolerância vence – zomba

O sangue
tinge o chão – morte
encarde a mão – exangue
o ódio vinga – forte

A guerra
ferida fútil – chaga
a dor inútil – berra
vaidade humana  - praga


No preciso instante do disparo
algo deve ficar bem claro:
morrem, o atingido e o atirador
pela  ausência completa de amor
pois, neste instante imundo
morre, mais um pedaço do mundo
Dionisio Teles
Enviado por Dionisio Teles em 04/09/2006
Reeditado em 04/09/2006
Código do texto: T232500

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dionisio Teles). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dionisio Teles
Barueri - São Paulo - Brasil, 64 anos
177 textos (43606 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:04)
Dionisio Teles