Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nascimento


                 Nascimento






Veio do mar
Trazendo um intenso odor
A iodo e a sal
Brumeando-se nas ondas
Salpicadas de estrelas
Acariciadas pelo brilho do sol.
Veio de mansinho
Como leves beijinhos
Trocados numa noite de luar
Arribou sem alarde
Acolhida no ventre
Da moça mulher
A semente rebento
De um feto a germinar
Concebido do êxtase
Mais arrebatante do amor
No acordado acto
De dar e receber
Os frutos da ternura
Feitos arte e ventura.
Assim veio da espirituosa noite
Que se abriu esplendorosa
Na obra criativa
Da gestação em flor.
Proveio de um instante
E com o tempo cresceu
Sendo hoje o homem
Que talvez seja eu.




Moisés Salgado
alestedoparaiso
Enviado por alestedoparaiso em 04/09/2006
Código do texto: T232622

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
alestedoparaiso
Portugal
209 textos (4174 leituras)
38 áudios (1068 audições)
2 e-livros (28 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:12)
alestedoparaiso