Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALMA

Se meu pensamento alimentar o que sinto,
talvez eu não sinta nada além do óbvio tormento
em que me agarro à luta em pranto...

Mas meu pranto é o reflexo da miséria em que sonho,
nada além do momento,
segundos apenas de lucidez...

Se tenho o que quero, e o que quero,
é mais do que conheço,
então me atiro à morte certa do desconhecido...

Porém se a morte me trouxer alívio,
renascerei das cinzas como um pássaro,
sobrevoarei todas as almas que encontrar
entoando o mais belo canto ouvido até então...

Flores derramarei de meus lábios
e meus olhos em lágrimas confusas
espalharão o brilho da verdade única...
Marcos Rohfe
Enviado por Marcos Rohfe em 04/09/2006
Código do texto: T232787

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Rohfe
Mogi das Cruzes - São Paulo - Brasil, 46 anos
107 textos (10411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:27)
Marcos Rohfe