Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cem Anos

Vento que bate. Vento que assola e amedronta. Vento do norte que parece vir da própria morte. Mas tráz um frenesi e uma esperança que ele carregue o que restou. Tenho três fitas de mechas de Maria. Rosa,vermelha,amarela. Tenho três cartas de despedidas. Tenho três pontos de agulhas invisíveis aferroadas em meu peito. Se a perdi, foi curto. Se nunca a ganhei, foi bem longo: dias e dias a procura. Hoje me dizem; foi melhor assim. Digo eu: não foi, não. Me perdi dentro de mim mesmo. A perdi na roda que o mundo dá: um dia ela se foi carregada pelo vento! Tudo muito simples, sem nenhum alento!

José Kappel
Enviado por José Kappel em 06/09/2006
Código do texto: T233842
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26778 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:15)
José Kappel