Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANTÍTESE



Um coração em desencanto
Sente por dentro num canto
O cortar da ingratidão

E como faca de dois gumes
Vai dilacerando o peito
Deixando da cor de carne
Um vazio na imensidão

Carnívoro é o homem
Costumeiro, confuso
Cortante na solidão

Vazio na multidão
Em meio a coragem
De invadir um coração

Homem, multidão, solidão
Antítese de personificação
Que deixa o mundo
Em perfeita confusão!
dorita
Enviado por dorita em 06/09/2006
Código do texto: T233937
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dorita
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 59 anos
18 textos (634 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:49)
dorita