Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JEITO DE AMAR

Poema dedicado a minha querida Lisa


Quero a esperança constante, que de vez enquanto
Quer de minha vida o mal debelar, dar fim ao sofrimento
E com os lamentos acabar.Tornar-me um experto,
Não um incerto, para de amor poder falar, viajar
Nas asas da ilusão...E deixar, mesmo na solidão,
Este saudoso coração pulsar.

Perdoa-me a vaidade, mas a minha sagacidade é bela à luz
Do luar, coração alado, voz calada, não interessa,
Dizer não à pressa na hora de amar; sonhar e viver
Do jeito que der, que venha o amor de onde vier
Como quiser, enquanto eu puder esperar.

Quero ouvir teu falar gostoso que encanta e deixa saudade
Pedir licença para utilizar à experiente voz da lealdade...
Que nessa cidade anda descontente... Quero teu ensinamento
Aqui e agora dentro do meu peito a praticar a bondade.

Quero nesse olhar risonho cheio de sonhos viajar
Rios e montanhas atravessar, ultrapassar barreira quando
Em minha frente se colocar. Valorizar o ser Humano
Como princípio, cuja vivência me leva ao infinito e me faz amar
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 06/09/2006
Reeditado em 07/09/2006
Código do texto: T234182
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3129 textos (79583 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:20)
R J Cardoso