Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0323 - Perdida

Pensou que poderias me esquecer tão fácil,
teus costumes te traem a todo instante,
meu silêncio são palavras que te provocam,
não perdi um momento, tenho todos comigo.

Pouco importa se um dia irás cantar outra canção,
passei por algumas ruas conhecidas e tu não estavas,
nenhum encontro de nós dois foi marcado,
demoraste demais, não venhas, não acho que perdi.

Não sei nesta paixão quem era estrela, quem era sol.
Somos como os astros que jamais se encontram,
cada vontade tem sua fome, cada toque um corpo,
tudo falta quando mostramos dor antes do beijo.

Guardei um pedaço da tua paixão ao lado da minha,
também um pouco do sabor que deixaste outro dia,
nos braços ainda falta um corpo para fechar no meio,
meu mundo deixei lá atrás, depois do último encontro.

Quero voltar a caminhar sem perguntar como estou,
as esquinas sempre foram meu lar, a rua meu destino,
sou feliz quando tenho um espaço para seguir,
como louco sempre cruzo com uma paixão conhecida.

12/06/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 09/06/2005
Código do texto: T23513
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116251 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:53)
Caio Lucas