Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lúcido

Gotas de lucidez pingam do teto .......
que é branco ou sem cor ou vazio ........
abro a boca para tentar engolir.........
mas elas tocam o meu queixo ........

enquanto meus olhos piscam aceleradamente........
meus pés derretem, enxarcando os lençóis.......
a porta pintada de amarelo .......
abre e fecha sincronizadamente.......


sinto meu corpo subir .......
em um movimento uniforme.......
alcanço o teto ........
desabando lá de cima.......

não posso mover as mãos.......
elas estão amarradas.........
mas os meus cabelos .........
dançam ao meu lado como minhocas loucas.........

não preciso acordar .......
mas parece que estou tentando .......
algo insiste em me puxar ........
essa cama pra este plano...........

preciso ficar mais um tempo ..........
tentando engolir as gotas ..........
cada vez caindo mais longe ..........
em vez da boca tocam o peito..........

não quero a realidade ..........
nem uma visão simplória ..........
quero esta coisa intrigante .......
que acolhe o  meu ser que adora ......

agora parece que acabou ........
estou de novo virando gente .......
acho que meu corpo acordou .........
na hora errada neste instante ..........
rdeorristt
Enviado por rdeorristt em 08/09/2006
Código do texto: T235581
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
rdeorristt
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
153 textos (5539 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:40)