Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A CAMILA...

Camila...



Meu pai disse-me um dia não auge
De uma de  minhas depressões
Ser eu uma escolhida...
Dizia-me que DEUS marcou-me
Para não me perder de vista.

Quão abençoada sou Ao ouvi-te repetir
o que dizia meu pai.Creio nestas
benesses do criador em mim.
Crescer catando conchas na areia,
Ouvindo cantar bem-te- vis, o voar de colibris
é uma benção, dada pelo criador,...

Hoje enternecida ao ouvir seu poetar
nas rimas minhas. Verter lágrimas poéticas
ao ler minha Lírica Recantual...
O DEUS como és maravilhoso em mim e em ti.
Hoje habito em outro mar ...
Profiro nas linhas que poeto este abençoar...

Retribuo amor em versos. Jasmins inebriam o ar...
sou sílfide neste flanar. vivo na maior Duna
do nordeste, entre jangadas e velas, vendo o mar
beijar  a areia , gorjear as maritacas... MORRO DO CARECA,

Neste morro que habito, não tem ROSINHA e os
GAROTINHOS aqui sabem rezar...Não ouço rajar
 metralhadores e fuzise ar15 , só ouço falar...
Merecimento dado pelo criadorPor não querer
 perder-me  com a violência do meu  lugar.
Namastê Namastê  Namastê...

 Deth HAAK

10/06/2005
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 10/06/2005
Código do texto: T23694
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65352 leituras)
50 áudios (9715 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:25)
Deth Haak