Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUISERA

QUISERA SER ESSA CHUVA QUE CAI DE FININHO...
 QUE FAZ NAVEGAR O BARQUINHO DE PAPEL
 NA POÇA FORMADA POR TANTOS PINGOS,
 POR TANTOS DESENCONTROS.
 MEUS OLHOS PARECEM O TEMPO LÁ FORA...
 MEU BARCO PERCORRE MEUS PENSAMENTOS,
 MINHA ALMA...
 NELA ENCONTRO O FRIO DO MEDO.
 O BARCO DA CHUVA,
 NAVEGA NA POÇA E CAI NO ESPAÇO
 E O MEU BARCO PROCURA ABRIGO
 COMO SE TIVESSE CHANCE DE SER PERDOADO
 POR TANTOS ENGANOS DO ESPIRITO.


                           MYRIAN BENATTI
Ilusão da alma
Enviado por Ilusão da alma em 10/06/2005
Código do texto: T23697
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ilusão da alma
Colorado - Paraná - Brasil, 59 anos
55 textos (6028 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:59)
Ilusão da alma