Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha cidade

Passo por baixo das pontes da minha cidade
Vejo a cidade em toda sua complexidade
Vejo os contrastes, o caos.
Profusão de cores, paixões e amores.
Recife do Capibaribe, do Beberibe.
Recife da Guararapes
Da Boa Viagem.
Vejo os prédios cinzas
O céu azul
Vejo o mangue
Na calçada, sangue.
Vejo a miséria e a riqueza
A alegria e a tristeza
Vejo fome
Vejo desigualdade
Vejo os becos, os guetos.
Vejo as avenidas
A selva sem vida
Vejo a Rua da Aurora,
Da Hora
Vejo seus mendigos
Suas igrejas e sobrados
Recife Antigo,
Moderno
Rua Nova, Rua Velha.
Sinto seus odores
Vejo sua lama negra, Veneza Brasileira.
Recife dos Arrecifes
Recife das “Casas”
Casa Forte, Casa Amarela.
Cidade do Frevo
Do branco e do negro
Recife holandês, português.
Recife meu
De todos
Do povo
Ah! Meu Recife
Recife boêmio
Dos casebres em silêncio
Recife do século XXI
Recife de virtude e atitudes
Recife dos morros
Cidade dos insanos e loucos
Recife dos amores e dissabores
Das guerras
Recife de voltas e revoltas
Da eternidade
Recife de Gonzaga, Bandeira, Cabral.
Cidade de poetas e tal
Cidade urbana, suburbana.
Cidade humana
Recife de tantas palavras, rimas e estrofes.
Cidade que desde cedo aprendeu a ser forte
Ah! Meu Recife.

Hugo Leonardo Ferreira Rocha
Enviado por Hugo Leonardo Ferreira Rocha em 11/09/2006
Código do texto: T237480
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hugo Leonardo Ferreira Rocha
Recife - Pernambuco - Brasil, 37 anos
27 textos (1110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:05)
Hugo Leonardo Ferreira Rocha