Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dia de Festa

Longe do esplendor do sol,
cabisbaixo diante de tanta luz,
oneroso de tanta grandiosidade,
pérgulo, sem sombra,oviso,
sem ramos de brilhos,
sem luas tímidas a remoer
o sol de grandezas, fico eu,
olhando o início e o fim das coisas
que não tem a mínima carência,
nem para o céu, nem para a terra.

Para mim, porém,
escravo do tempo e das coisas,
que fazem a mágica se remediar,
parar e se transformar,
hoje é meu dia de festa.

E se faço a festa, trago o bolo.

E se há luz neste borborinho
de maravilhas,
me sinto atonteado
por estar vivo e compreender
que cada pedaço do que vejo,
é um pedaço de mim.

É a vida e a morte que se aproximam !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 12/09/2006
Código do texto: T238312
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26780 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:07)
José Kappel