Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAMINHANTE


Euna Britto de Oliveira
Site de Poesia: www.euna.com.br



Recebo a profecia em meio a média agonia.
Posso desviar?
— Não posso.
Poderia adivinhar?
— Não poderia.

Refaço a trilha sagrada dos que têm pés e carinho...
Forçoso é ver de noite
o que não se enxerga de dia!...

Abro os olhos devagar,
não sou esperta nem astuta,
sou velha de mundo e deserta,
sem conselhos para dar,
sem casos para contar,
e umas contas para pagar...

Sem piano e sem pandeiro,
durmo em qualquer travesseiro,
e minha parte mais sã é a boa-vontade.
Mas se me convidassem agora
para conhecer o Kilimandjaro,
eu não conseguiria partir!...
É uma emoção ver-te sorrir!

Que grande poder é esse
de poder preferir!...
Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 12/09/2006
Código do texto: T238425
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (34686 leituras)
6 áudios (364 audições)
12 e-livros (692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:42)
Euna Britto de Oliveira