Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Vampyro Psyquíco

No jardim das rosas de rubro sangue
Onde morreu um pensamento tão jovem
As pétalas de lágrimas que sofrem
E a morte que sua enxada prossegue

Com os teus beijos, minha vida, pegue
O que resta das sementes que morrem
E o sangue delas qu’em seus vãos escorrem
Um corpo faminto que te persegue

— Meu doce amor, por que quer resistir?
Ver teu sofrer em meus goles de gozo
Em meu olhar tu se desfaz em pétalas...

E tu, flor! hás de sozinha cair
Em toque (na carne!) macio e sedoso
Ao som fúnebre e a luz de frias velas...
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 13/09/2006
Código do texto: T238947

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 32 anos
799 textos (255516 leituras)
6 áudios (1607 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 17:06)
Fabio Melo