Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Selvageria humana

Parem as coisas do mundo!
(Que coisas?)
Pare a morte, a sorte o corte!
Pare as aniquilações, corrupções
Pare, apenas pare, pare as reclamações!

Parem os homens insanos!
(que homens insanos?)
Pare os insanos que destroem
Pare os insanos que machucam
Pare os insanos que constroem
a própria arma que os estupram!

Pare a selvageria humana!
(que selvageria?)
Pare a selvageria do ódio
A selvageria da inveja
Pare! Pare! Pare qualquer episódio!
Pare e apenas olhe para a pedra...

(que pedra?)
A pedra de seu próprio caminho
Talvez a pedra de Drummond
Ou quem sabe de Raul Seixas?
A pedra pérola que afundou...

Mas pare! Por favor pare as guerras!
Essa selvageria humana insana...
Vão deixar o homem acabar com a terra?
(tratando-a como profana?)

Pare... Apenas pare
Deixe o sol nascer na próxima manhã...
Deixe o homem livre para comer a maçã...
Pare... Somente pare
Toda essa selvageria humana
(mas será que deixará de ser tirana?)
Gele
Enviado por Gele em 14/09/2006
Código do texto: T239840
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gele
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 31 anos
35 textos (1290 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:29)
Gele