Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estupidez

Escorrem pelo corpo em desatino
Os desejos herméticamente conservados
Cravo as unhas na carne dolorida
E mordo os lábios entorpecidos
 
Desce a noite na dobra da cortina
E tinge de prata meu leito revirado
Por testemunha só o anil das paredes
Que abafa o grito amordaçado
 
Abraço o corpo contorcido
Banhado de suor e lágrimas
Saboreando a amarga estupidez
Do prazer provado sem lucidez
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 11/06/2005
Código do texto: T24001

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55643 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:14)
Angélica Teresa Almstadter