Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paradigmas do Viver






Diante da fragildade humana
o ser assustado  chora !
O coração  aflito implora
desvendar os paradigmas do viver



Por que viver sem sede de viver?
Escondido nas  esquinas
obtusas  e escuras do sol
sob a sombra da morte



A triste morte da esperança
que chora como uma criança
perdida no útero do mundo
em busca dos jardins dos sonhos



Sonhos brutalmente adulterados
pelas incógnitas do destino
Feridos pelos  caminhos  com
os espinhos da estúpida vida

Recife/05/2006






Zena Maciel
Enviado por Zena Maciel em 14/09/2006
Código do texto: T240455
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zena Maciel
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
239 textos (6626 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:22)
Zena Maciel