Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Deturpada e o Redundante.

A deturpada sonhava em ser grande,
Para poder viver de adulterar...
O redundante pensava em sua glande,
Alguém para entreter e penetrar...

Eles conversavam demais,
Cultura pelas beiradas...
Atrofiadas idéias e minúsculos ideais,
Entre frases ensaiadas...

A deturpada preocupada com o horário,
A psicóloga estava lhe esperando...
O redundante, salafrário,
Enganava estar se apaixonando...

Trocaram números e desejos encobertos,
Por uma íntima e recente amizade...
Eram jovens alegres, abertos,
Criando sua própria verdade...

Tudo enfim terminou,
Ao menos naquele momento...
Quando o ônibus estacionou,
E a deturpada desceu, seguindo com os cabelos ao vento...
Nagredla
Enviado por Nagredla em 15/09/2006
Reeditado em 16/09/2006
Código do texto: T240986
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nagredla
Miguel Pereira - Rio de Janeiro - Brasil, 51 anos
233 textos (49738 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:36)
Nagredla