Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrimas de um poeta

Respeite as lágrimas que um poeta derrama,
pois elas são a tristeza de um
amor não correspondido.

Mas também pode ser lagrimas de felicidade
ao ver que seu grito de desespero chegou
aos ouvidos dos poderosos que comem carviar,
sentados nas suas poltronas situadas no palacio do Planalto.

Respeitem as lágrimas de um poeta,pois elas
mostram que nós também somos seres humanos,
que sofremos quando nos machucam.

Respeitem as nossas lágrimas,pois também
possuimos sentimentos,não somos melhores
que vocês,por isso respeitem nossas lágrimas.

São muitos os poetas que sofrem ao ver o
seu mundo sendo devastado por aqueles que
ao inves de melhorar nosso mundo,roubam
nosso dinheiro e gastam com aviões para
passear,armas para guerriar e bomba atômica
dizendo que dessa forma estão buscando a
PAZ MUNDIAL.

Iraildo Dantas LUA
Enviado por Iraildo Dantas LUA em 15/09/2006
Reeditado em 17/07/2008
Código do texto: T241167

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Iraildo Dantas LUA
Salvador - Bahia - Brasil, 29 anos
152 textos (13392 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:30)
Iraildo Dantas LUA