Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Medo

Quanto sentimento há em existir?
O própio ato preguiçoso de ser
se dói de medo
de morrer.
Existir, causava muito medo.
Mas olhem,
há um segredo:
Não há diferença na escuridão!
O tempo se desfaz
com nossas preças,
os nossos sonhos são pré-fabricados.
Há horror onde quer que estejamos,
hoje, ontém e amanhã depois da novela.
Mas as sombras continuam
escuras.
O país é o mesmo,
os pais são os mesmos,
e há crinças rebeldes
e nelas mais medo.
Quem vai dizer que é muito cedo?
Todos os relógios combinaram de parar
à meia-noite,
todas as estátuas se rebelarão.
há uma rebelião invisível
dentro de mim
E minhas sombras continuam escuras.
Dil Erick
Enviado por Dil Erick em 12/06/2005
Código do texto: T24146
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dil Erick
Macapá - Amapá - Brasil, 29 anos
325 textos (13536 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 09:49)
Dil Erick