Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REFLEXÃO SOBRE O NATAL

Há dois mil anos
o céu tocou a terra
árida da guerra
e muito tempo se passou
depois aquela Noite de Belém.

Vinte séculos de civilização cristã
não foram suficientes para emergir do egoísmo,
da consciência de si próprio
e do mundo falseada
pelo excesso de individualismo e desamor.

Imaginemos que Cristo nasce hoje (...).
Um homem do interior,
com a sua mulher grávida,
perambula pelas ruas da cidade,
buscando abrigo na noite fria.

Eles fizeram longa viagem,
ao lombo de animais,
de carona
e finalmente a pé.
Estão cansados,
sedentos
e as suas roupas trazem consigo
a poeira dos caminhos.

Onde ele irá passar a noite?
haverá guarida para Ele em nossos corações
ou fecharemos a porta?
Não é isso que fazemos aos velhos e crianças pobres
quando nos importunam com as suas queixas?

E se não conseguimos identificar
o Cristo no seu irmão sofredor,
como reconhecê-LO em pessoa,
quando estiver à nossa porta?

Estará vestido como homem deste século,
a Sua divindade mergulhada na humana natureza.
Aos nossos olhos será mais uma criança
faminta de pão e de amor
como as que disputam com cães
restos de alimento na lata de lixo,
namoram brinquedos na vitrine
que nunca serão seus
e dormem nas praças,
debaixo das marquises,
cobertos de jornais

No passado,
só os magos do oriente
e os pastores de Belém
O reconheceram
guiados pela fé.
.............

Senhor,
Deus Menino,
neste Natal vem habitar nossas casas.
Te daremos abrigo e o modesto conforto de nossas mesas.
Trás também teu pai e tua mãe e fica conosco para sempre !
José Luongo da Silveira
Enviado por José Luongo da Silveira em 16/09/2006
Reeditado em 16/09/2006
Código do texto: T241464
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Luongo da Silveira
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil
78 textos (1180 leituras)
1 e-livros (50 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:54)
José Luongo da Silveira