Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                                
          
 CAMINHO DA FELICIDADE 


Num jogo muito duro, entre o abstrato e o real,
deixei meu lado humano, e, em curvas sinuosas,
tomada de fascínio, achei um ritual
em brincadeiras mil, às vezes lacrimosas.

E fora de um contexto, entrei num festival,
a sentir emoções nem sempre mui ditosas.
Num momento feliz, mas longe do ideal,
surgiram-me à cabeça idéias bem formosas.

Com uma bela cor, olvidando a verdade,
quis encontrar sem dor toda a felicidade,
com luzes a brilhar, como brilha uma estrela.

Para acertar meu passo, imersa em claridade,
escolhi com amor e sem qualquer vaidade
um caminho de paz para enfim poder vê-la.

                                         
                                                                  (Soneto alexandrino)
Alda Corrêa Mendes Moreira
Enviado por Alda Corrêa Mendes Moreira em 16/09/2006
Reeditado em 07/12/2008
Código do texto: T242003
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alda Corrêa Mendes Moreira
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
213 textos (13200 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:38)
Alda Corrêa Mendes Moreira