Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O desígnio do sol


Viste o sol nascendo
por entre a névoa
da manhã?

Não há nuvens que
mais densas possam
a luz do sol segurar,
nem névoa mais intensa
que ele não possa dissipar.

Mesmo que chova
ou venha a tempestade,
nós sabemos, ainda é dia,
não é noite, porque
acima das nuvens
o sol continua a brilhar.

Esse é o desígnio do sol,
eternamente brilhar,
se de dia ou na noite,
sua luz não se apagará.
Seu destino é sempre brilhar
em algum lugar.

À você, meu querido Sol.

Maria
Enviado por Maria em 17/09/2006
Reeditado em 17/09/2006
Código do texto: T242178
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4550 textos (185914 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:37)
Maria

Site do Escritor