Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Beleza Antiga

Acido retinóico, colágenos, pilates
e relaxamento contra o esgotamento. Sorry, contra o stress.
Banhos, sais e silicone. Oh! Yes!

A Fonte da Eterna Juventude secou.
Morreu quando extinguiram a mata ciliar que a protegia.
Viu o quanto já se avançou?

É inútil a busca. Tudo em vão.
Mas já não há o vão da escada que rangia.
Off course, essa seguiu o Feng Chui. Ajuda a manter a bulimia.

O resgate da antiga beleza é coisa de arqueólogo.
Ela é inacessível a cremes, cirurgias ou academias.
Mesmo que na revista já se fale num novo tratamento para logo, logo.

Não existe mais o que contemplar.
Talvez fosse bom poder ouvir.
Quem sabe tocar?

Não o toque de antes. Esse é sem desejo.
Sem a ganância de possuir.
Seria só um toque.

Seria como um som esquecido.
Um pensamento perdido.
A consciência da falta de sentido.

Foi tudo tão dolorido.
Mais cinza que colorido.
E o rosto insiste em permanecer caído.

Aonde estão os Anjos Prometidos? 

Agora só se fica velho por um tempo mais comprido.
É o que a ciência têm oferecido.
Mas nem por isso, eu me tornei mais querido.
Fabio Renato Villela
Enviado por Fabio Renato Villela em 17/09/2006
Reeditado em 18/09/2006
Código do texto: T242309
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.recantodasletras.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Fabio Renato Villela
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
1758 textos (329672 leituras)
1 áudios (27 audições)
4 e-livros (4098 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:15)
Fabio Renato Villela

Site do Escritor