Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

desassossego!

Se quando a gente sente
Uma força que fenece,
De dor o corpo padece,
De amor, a alma ressente!

Do bem que tanto carece,
Da vida levada indolente;
Vontade que é a semente,
D’uma vida que floresce!

Do passado, nada ficou...
Porque já foi, não importa,
É como uma folha morta
Passou... O vento levou!

O fardo que se suporta,
O futuro que não chegou,
Nada ainda se realizou...
É o presente que conforta!
Saji Pokeo
Enviado por Saji Pokeo em 18/09/2006
Reeditado em 18/09/2006
Código do texto: T242955

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Saji Pokeo
São Paulo - São Paulo - Brasil
221 textos (38570 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:12)
Saji Pokeo