Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SE O QUE VEJO...

SE O QUE VEJO...
se o que vejo
não é o que percebo
nada mais concebo
além de imagens

        porque tudo que vejo
        parece-me ao mesmo tempo
        invisível e vulnerável
        no que concerne à realidade

talvez minha forma
sintética de tocar os olhos
n’algo que seja por vezes
mais simples do que parece

        estaca uma percepção
        mais voltada à complexidade,
        talvez sejam meus olhos
        que procuram o fantástico

e nesta decepção
acabam por encontrar
uma enfermaria cheia
de doentes terminais

        de qualquer forma
        a razão pela qual
        desconheço as
        maleabilidades

nossas, enfermeiros,
venha a causar todas
as tangentes em que
o mundo se escapa,

        o que não vem a ser
        nem bom e nem ruim,
        e sim normal e exato,
        pois nada se exalta esbelto

sem antes otimizar
aquilo que lhe for cabível,
a realidade lógica
é que pela necessidade

         de nos ampararmos frente
         ao desconhecido veemente e perene
         nos deparamos com o próprio
         senhorio de si mesmo

onde o eu é o grande
superior e o meu
é o que vem veludar
o seu sentido de rei

         são os compassos humanos
         que circundam o
         círculo vicioso
         de encontrar culpados às nossas tragédias.
Celso Godoi Neto
Enviado por Celso Godoi Neto em 18/09/2006
Código do texto: T243048

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Celso Godoi Neto). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Celso Godoi Neto
Porto União - Santa Catarina - Brasil
76 textos (3145 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:39)
Celso Godoi Neto