Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

** O vento

Anda pela mata muito veloz
Deixa a copa das arvores dançando
As folhas e galhos se agitando
E muitas vezes deixa com frio, gelados.
Outras vêm como um sopro
Uma suave brisa
Desfaz cabelos arrumados
Esfria rosto quando esta gelado
Refresca o corpo quando esta calor
Tem um mistério que envolve
Pode vim do norte, sul.
Do leste ou oeste
Como pode estar em todo lugar
Assim é o vento
Sem paradeiro
Chega devagar, suavemente.
Ou ligeiro varrendo o que tem pela frente
yaclara
Enviado por yaclara em 18/09/2006
Código do texto: T243074
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
yaclara
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
481 textos (46837 leituras)
2 e-livros (63 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:25)
yaclara