Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Virá, tardará, brotará e advirá

Da chama rubra e do calor
Sinto em minha pele teu torpor
E nada mais virá...

Teus dedos percorrem meu pescoço
Tudo tardará...
O encanto por ti no fundo do poço

Da luz-guia teu perfume
Tarde fugidia, se queres me use
Do solo brotará...

Pois em teus cabelos debruço-me
Do que advirá...
E em teu corpo cubro-me
Humberto Amorim
Enviado por Humberto Amorim em 18/09/2006
Código do texto: T243219

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Humberto Amorim
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil
55 textos (1935 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:28)
Humberto Amorim