Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

2

Seu silêncio me fere
e açoita minha têz alva
marcada para sempre
em pedaços lascados,
traço a figura disforme
retorcida pela angústia
calada,absorta;
espécie que chora
a sua ausência expansiva,
e ao final da manhã triste
junto os cacos
na figura desenhada
o risco se forma
...Desenho de mulher,
no colorido das pedras
brilhantes e preciosas,
E esse silêncio que ainda machuca...
Syl Signoretti
Enviado por Syl Signoretti em 18/09/2006
Reeditado em 18/09/2006
Código do texto: T243263

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Syl Signoretti
Itajubá - Minas Gerais - Brasil
933 textos (89323 leituras)
76 áudios (9216 audições)
1 e-livros (309 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:52)
Syl Signoretti