Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Repentes

Será que as flores dormem?
Se dormem, aguardam que primeiro
eu adormeça....

São as lembranças as fontes onde meus lábios
ressecados de saudade bebem sofregamente.

Coloco uma pedra sobre o passado.
Sementes vivas gritam por socorro.

Pé ante pé, sussurrando uma poesia,
cuido para que o sonho não desperte.

Nada mais sou,além de um silêncio,
ousando expressar-se.

Pedindo desculpas lanço meu verso
buscando sempre o seu reverso.

2005
Mareluz
Enviado por Mareluz em 18/09/2006
Código do texto: T243498
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mareluz
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
679 textos (19407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:26)