Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MAIS TROVAS

Meu amor, minha paixão,
Se é que assim posso dizer;
Está no dedo da tua mão,
O que há entre mim e você.

Na vida, desejo paz,
É tudo o que pesso agora;
Se depender dos jornais,
Falácia é o que mais se explora.

Não é fácil conviver-se
Com a vil desonestidade;
Ao pormos tudo a perder-se,
Jogamos fora a verdade.

O tempo corre veloz,
Dando asa às transformações;
Deixando a esperança a sós,
E pontes nos corações.

Bem dotado o homem nasce
De predicado incomum;
Os dons que expressa na face,
Vem n’alma de cada um.

Viva o homem brasileiro,
Herói da luta e da dor!
Reclamando o ano inteiro,
Troca  dor por dissabor!
Zecar
Enviado por Zecar em 14/06/2005
Reeditado em 15/06/2016
Código do texto: T24411
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zecar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
249 textos (20144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:56)
Zecar