Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Intimidade

Intimidade
Angélica T. Almstadter
30-03-04
 
 
No vão dos seios uma nota nua.
A lira refeita e aceita.
O júbilo do encontro,
Que mora dentro do desencontro.
 
O tatear macio da lua,
Que passeia  na cama desfeita;
Sorriem dispostas as alianças,
Os laços refazendo os pedaços.
 
Agora sim, os astros se enchem
 de esperança,
E a música passeia em arrepios
Na alva tez;
Procura a brandura dos cios
 
Refletida na timidez
Dos olhos semi cerrados.
Silêncio pelo medo que nasceu,
No jardim dos poucos pecados.
 
Os lábios entreabertos cheirando
a erva doce,
De pronúncia carregada, a fala
 descompassada.
Conta do zelos, e provoca a ansiedade.
 
O corpo febril resvala nos segredos,
Sequioso se contorce em súplicas.
E vão-se as horas por entre os dedos;
Confusas na intimidade,
Por lembranças únicas.
 
O sorriso esboça a alegria artificial,
Que se encolhe calada,
Banhada de suor e lágrimas.
A fonte de energia vital,
Tomba cansada,
Abraçada as lástimas.
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 26/01/2005
Código do texto: T2442

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 61 anos
1054 textos (55382 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 07:10)
Angélica Teresa Almstadter